quinta-feira, 9 de julho de 2009

Palha Italiana

"Eu caia muito. Meu pai tinha uma venda, um mercadinho em Juíz de Fora. Na época de minha infância, bolachas e outros cereais eram vendidos no quilo. E eu sempre ajudava com as entregas. Tínhamos boas clientes, as madames ligavam pedindo bolachas. Eu sempre caía e quebrava os biscoitos. Voltava chorando com a sacola. Meu pai, ao invés de xingar, dizia gentilmente: "Sem problema, minha querida, sua mãe faz palha italiana". E pesava novamente para eu fazer a entrega." Leda Nagle. BH, dia 24 de junho de 2009. Horas antes do lançamento do livro "Com Certeza Leda Nagle: Melhores Momentos".

Nenhum comentário: