terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

Imagens marcam

Quem nunca escutou que "imagem, às vezes, diz mais que palavras"? Algumas são tão marcantes e inesquecíveis que levamos pela vida. Em família, tem aquela que sempre retorna à mente, como o nascimento, celebrações e até momentos de dor. E há situações que o que mais queremos é congelar aquele momento, aí entra a fotografia. Antigamente, usava-se fotografar os entes nos caixões. Minha tia mesmo sofreu no velório de meu pai, por ter esquecido a câmera. "Tenho de meus pais e de meus outros irmãos que se foram", me disse. Esse fato aí ficou na memória, é daqueles que a gente não esquece. Outro: no nascimento de minha filha, a câmera (que ainda era de filme), por descuido, estava com um filme já batido. Resultado: a imagem do momento mais importante da minha vida está sobreposta a de uma festa junina. Ficou na memória.

E que não se lembra dessa foto, do fotógrafo norte-americano e membro da Agência Magnum, Steve McCurry, conhecido mundialmente pela foto da refugiada afegã de apenas 13 anos que foi capa da Revista National Geographic em 1985? Sensacional.

 Para quem curte fotografia, ele estará em São Paulo entre os dias 20 e 22 de maio. No dia 20, a partir das 19h30, McCurry fará palestra pública gratuita com tradução simultânea no MIS – Museu da Imagem e do Som. Os ingressos serão distribuídos uma hora antes na entrada do auditório principal. Já nos dias 21 e 22 de maio, o fotógrafo ministra workshop sobre seu trabalho e suas técnicas para fotografia jornalística e documental. Com vagas limitadas, o workshop será uma grande oportunidade também para os participantes conhecerem imagens de viagens e pessoas fotografadas por McCurry. Para mais informações sobre a vinda do fotógrafo ao Brasil, basta acessar o site http://www.spphotofest.com.br/, ou entrar em contato com a organização do evento pelo telefone (11) 5051-1055 ou pelo email contato@spphotofest.com.br.

Um comentário:

Anônimo disse...

Grande post, Jozi! Bj, Ruy Barbo