quarta-feira, 20 de julho de 2011

Leite Derramado

"E qualquer coisa que eu recorde agora, vai doer, a memória é uma vasta ferida."

"Nem parei para pensar de onde vinha a minha raiva repentina, só senti que era alaranjada a raiva cega que tive da alegria dela".

- Eulálio D`Assumpção - Buarque, Chico, 2009. Companhia das Letras

Nenhum comentário: