quarta-feira, 16 de novembro de 2011

A História de Nós 2 - BH e Nova Lima

Um dos maiores sucessos dos últimos tempos da temporada teatral carioca, o espetáculo “A História de Nós 2”, chega a Belo Horizonte para três apresentações, dias 25 e 26 de novembro, sexta e sábado, e a Nova Lima para única apresentação no domingo, dia 27. A comédia que estreou em 2009, já foi vista por mais de 300 mil espectadores. No palco, os atores Alexandra Richter e Marcelo Valle divertem o público com as aventuras e desencontros de um casal já separado, que revê a sua própria história na noite em que o marido vai buscar seus pertences no apartamento. A montagem tem patrocínio da Petrobras e produção local da Rubim Projetos e Produções.

Edu é um homem dividido entre o desejo de ascender profissionalmente, a vontade de manter um casamento e o sonho de se manter eternamente livre. Já Lena é uma mulher ‘partida’ entre carreira, maternidade e paixão.  Dois personagens que, em cena, transformam-se literalmente em seis: Edu, Duca, Carlos Eduardo, Lena, mammy e Maria Helena, dando corpo e voz às diferentes ‘facetas’ de um mesmo homem e uma mesma mulher.    

“A História de Nós 2” (que também poderia se chamar A História de Nós 6) é uma comédia romântica estrelada por Alexandra Richter e Marcelo Valle que já contracenaram juntos no espetáculo Divã. “Em 2006, eu e Marcelo tivemos a vontade de fazer uma peça juntos e já sabíamos que seria uma comédia sobre casais. Procuramos a Lícia, que nos apresentou esse texto. Nos apaixonamos pela peça, pré-produzimos, captamos e junto com Neco, Gustavo e Lícia montamos o que chamo de "o projeto da minha vida", conta Alexandra. O espetáculo transcorre na noite em que Edu separado de Lena há algum tempo, vai buscar seus últimos pertences no apartamento. O derradeiro encontro do casal converte-se num ajuste de contas a um só tempo cômico e emocionante, onde tentam descobrir quem afinal causou a separação: a mulher, a mãe, a advogada bem-sucedida ou o marido, o adolescente eterno, o publicitário workaholic?

Por meio de humorados e reflexivos flashbacks, os seis personagens ocupam a cena, enquanto no palco é tecida essa “História de nós 2”. Para Marcelo o conteúdo de imediata identificação do público e a forma como a história é abordada, pelo viés da comédia, são os dois principais fatores do sucesso da peça.  Em 2009, o espetáculo foi eleito pelo público (leitores do O Globo) como a melhor peça e, segundo Alexandra, “esta é a resposta, o público nos escolheu. Nosso próximo desejo é fazer a peça virar filme”, confessa.

Serviços:
A História de Nós 2, com Alexandra Richter e Marcelo Valle
Classificação: 12 anos / Duração: 75 minutos
Belo Horizonte
Dias/ Horários: 25 de novembro, sexta-feira, às 21h / e 26 de novembro, sábado, às 18h e 21h
Local: Grande Teatro do Palácio das Artes – Av. Afonso Pena 1537, Centro - BH
Ingressos R$ 20,00 inteira e R$ 10,00 meia-entrada (conforme prevista em Lei). Vendas na bilheteria do teatro e no site www.ingressorapido.com.br
Informações: (31) 3236.7400

Nova Lima
Dia/ Horário: 27 de novembro, domingo, às 20h30
Local: Teatro Municipal Manoel Franzen de Lima, Praça Bernardino de Lima, s/n.º – Centro
Ingressos R$ 20,00 inteira e R$ 10,00 meia-entrada (conforme prevista em Lei). Vendas na bilheteria do teatro
Informações: (31) 3541-4426


Informações para a imprensa: Jozane Faleiro (31) 92046367 / jozane@ab.inf.br


Ficha Técnica:

Autor: Licia Manzo / Diretor: Ernesto Piccolo / Elenco: Alexandra Richter e Marcelo Valle / Assistente de direção: Neuza Caribé / Cenógrafo: Clívia Cohen / Figurinista: Cao Albuquerque / Direção de movimento: Marcia Rubin / Trilha sonora: Rodrigo Penna / Iluminador: Maneco Quinderé / Fotografia: Dalton Valério / Programador Visual: Zé Luiz Fonseca / Produção SP e administração: José Maria / Diretor de produção: Gustavo Nunes / Produção: Turbilhão de Idéias
Realização: Alexandra Richter, Marcelo Valle e Gustavo Nunes / Patrocínio: Bradesco Seguros

Os protagonistas

Alexandra Richter é atriz, produtora e esteve em cartaz por três anos com Divã. Atuou ainda na peça Salada (da qual é produtora), também sob a direção de Ernesto Piccolo. Destaque para suas participações nos espetáculos Uma Loira na Lua, Toalete e Esse Monte de Mulher Palhaça. No cinema, atuou em Divã, de José Alvarenga. Na televisão, integrou o elenco fixo do humorístico Zorra Total, participou dos programas A Diarista, Os Normais, Toma Lá Dá Cá e Carga Pesada, e também das novelas Laços de Família, Coração de Estudante e Passione , todos da TV Globo. Atualmente está no elenco do programa Os Caras de Pau.

Marcelo Valle é ator e produtor. Atuou em 17 espetáculos e produziu 8. É integrante da Cia dos Atores há 22 anos, tendo participado, entre outros, dos espetáculos Melodrama, O Rei da Vela, A Bao A Qu, A Morta e Cobaias de Satã, todos sob a direção de Enrique Diaz. Fora da companhia, foi dirigido por Felipe Hirsch, Christiane Jatahy, João Fonseca, Moacyr Chaves, Karen Accioly, entre outros. Com Divã, sob a direção de Piccolo, foi indicado ao Prêmio Shell de Melhor Ator 2005. No cinema, destaque para suas participações em Madame Satã, Os Desafinados e Tropa de Elite. Na TV, participou de diversos programas de humor e das novelas Celebridade, Paraíso Tropical.  Seu último trabalho na TV foi em Insensato Coração, como Julio. Teve também papel de destaque na novela Viver a Vida.

A autora
Roteirista de cinema, teatro e TV, Lícia Manzo é redatora na TV Globo, onde escreveu para os humorísticos Retrato Falado, A Diarista e Sai de Baixo. Foi roteirista final do seriado Tudo Novo de Novo, também da TV Globo, com direção de Denise Saraceni. No teatro, entre outros, escreveu textos para os espetáculos As Noites de Cabrita, com direção de Bibi Ferreira, e Salada, dirigido por Ernesto Piccolo. É mestra em Literatura Brasileira pela PUC/Rio e foi indicada ao Prêmio Jabuti pelo ensaio Era uma vez: eu – a não-ficção na obra de Clarice Lispector (2003/UFJF). É a autora da próxima novela das 18h da TV Globo A Vida da Gente, que substituirá Cordel Encantado.


O diretor
Um dos nomes de maior destaque na atual cena carioca e com diversos prêmios na bagagem, o ator e diretor Ernesto Piccolo já foi indicado duas vezes ao Prêmio Shell – nas categorias melhor direção, por Divã, e Especial, pelo desenvolvimento do projeto Oficinas de Criação de Espetáculo, que ele coordena e dirige no Centro de Artes Calouste Gulbenkian. Recebeu também o Prêmio Coca-Cola pela direção do musical infantil A Guerrinha de Tróia. Atualmente, está em cartaz com o espetáculo Doidas e Santas, com Cissa Guimarães e O pacto das três meninas (com Rosamaria Murtinho e Camila Amado), no Rio de Janeiro; Pamonha e Panaca (com Cristina Pereira e Ricardo Blat) e Seis aulas de dança em seis semanas (com Tuca Andrada e Suely Franco), em São Paulo.

Nenhum comentário: