segunda-feira, 6 de agosto de 2012

Teatro em Movimento traz a BH o premiado espetáculo “Ensina-me a Viver”, com Glória Menezes e Arlindo Lopes

Um jovem obcecado pela morte. Uma senhora apaixonada pela vida. Uma amizade improvável. Um amor que irá transformá-los. Essa é a base para o roteiro do espetáculo “Ensina-me a Viver”, uma das mais inusitadas e emocionantes histórias de amor do século XX. Uma adaptação teatral do filme “Harold and Maude”, estrondoso sucesso de público e crítica, assinado por Coling Higgins, com adaptação e direção de João Falcão, que o projeto Teatro em Movimento traz ao Palácio das Artes, de 11 a 12 de agosto, sábado, às 18h e 21h e domingo, às 19h.  “Quando assisti ao filme pela primeira vez, na década de 70, pensei: será que um dia vou conseguir fazer essa personagem, terei eu condições físicas e mentais, para interpretá-la? Pois aqui estou, trinta e cinco anos depois, vivendo essa jovem senhora, que com suas travessuras, irreverências e muita sabedoria, ensina-me a viver. Espero conviver com ela durante muito tempo”, revela Glória Menezes.

Em Belo Horizonte, a produção local é da Rubim Produções, de Tatyana Rubim, idealizadora do projeto Teatro em Movimento, que tem o apoio cultural do Instituto Unimed BH, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura.

Sinopse
“Ensina-me a Viver” narra o encontro amoroso entre Harold, vivido por Arlindo Lopes, e Maude, interpretada por Glória Menezes. Ele é um senhor de quase vinte anos, obcecado pela morte. Ela, uma menina de quase oitenta anos, apaixonada pela vida. Sensível, inteligente e rico, Harold não conheceu o pai. Convive com uma mãe indiferente e autoritária, numa relação desprovida de qualquer contato afetuoso. Atormentado, Harold tenta chamar a atenção materna simulando tragicômicas tentativas de suicídio. A quase octogenária Maude, ao contrário, tem uma paixão incomparável pela vida. Aproveita cada segundo de sua existência como se fosse o último. O contato entre esses dois não poderia ser mais inusitado e improvável, mas quando se encontram, a sintonia é imediata. Maude, cheia de alegria e positividade, ensina ao deslocado Harold os prazeres da vida e da liberdade. “Ensina-me a Viver” é uma tocante e bem-humorada história de descobertas, que leva o espectador a acreditar que simplificar a vida é o melhor caminho e que o amor continua sendo o melhor remédio.

Equipe
Treze personagens, representados por nove atores, abraçados pela encenação poética de João Falcão, um dos mais talentosos encenadores brasileiros da atualidade. À frente de grandes projetos em teatro, TV e cinema, João prima pela capacidade de modernizar os clássicos, sem perder em sensibilidade e o lirismo. Suas obras, sempre autorais e contemporâneas, fazem dele um dos mais respeitados diretores de sua geração.

Maude é Glória Menezes, um ícone das artes dramáticas que já alimentava o desejo de viver a personagem que personifica o prazer, a liberdade.

O ator Arlindo Lopes, idealizador do projeto, guiado pelo desejo de viver esta história e interpretar Harold, encontrou na tradução inédita de Millôr Fernandes a sensibilidade e humor, aproximando o texto teatral de sua versão cinematográfica, referência para muitas gerações.

A direção de produção é de Maria Siman, responsável por produções de grande sucesso como “Maria do Caritó”, “Doidas e Santas”, “Clandestinos”,  “Virgolino e Maria – Auto de Angicos”, “O Pequeno Príncipe”, “Divã”, “Mais Uma Vez Amor”, “Alice no País das Maravilhas”, “Beijo no Asfalto”, “Duas X Pinter”, entre outros.

Todos unidos pelo desejo de encenar a história de Harold e Maude. Um libelo ao amor à vida e à liberdade.




Destaques da Crítica
“Os quatro críticos do Globo não pouparam elogios. A encenação, segundo eles, leva o público a uma viagem pela magia do teatro com direção precisa e ágil de João falcão, cenografia fundamental e linda, de Sérgio Marimba. São unânimes em apontar a qualidade
do elenco com destaque para o casal protagonista com elogios como “atuação primorosa”, segundo Bárbara Heliodora, “comovente”, segundo Tânia Brandão, “rara e valiosa”  segundo Stela Miranda”.
Editorial – Jornal O Globo – 9/8/08 

“A encenação é cuidada e leve. João falcão encontra o tom exato para a mistura de realismo e quase-sonho...
O Elenco está todo em sintonia com o texto. Arlindo tem atuação de ótima qualidade e Glória tem mais uma grande atuação no palco.... A  integração dos trabalhos de Arlindo e Glória é impecável e o espetáculo encanta o público com sua qualidade e seu calor” - Bárbara Heliodora – Jornal O Globo – 9/8/08
 
“A montagem de João falcão é diferente de tudo o que foi visto antes. O diretor investe em um clima lúdico, menos denso. A Maude de Glória Menezes torna-se mais sapeca e o Harold interpretado pelo ótimo e cativante  Arlindo Lopes, mais engraçado. ... Mostra,  com frescor e vigor que o texto não envelheceu e segue como um manifesto pela liberdade, pela vida, pela alegria e pela valorização da individualidade”  - Jefferson Lessa – Jornal O Globo – 9/8/08

“Nesta montagem o diretor apostou na teatralidade, no jogo teatral diante do público. ... Glória é Maude em sua plenitude. Sua atuação e comovente. Arlindo tem desempenho requintado. Ilustra com maestria a viagem do sombrio ao amor”  - Tânia Brandão – Jornal O Globo – 9/8/08

“A mágica de um romance imortal. Pelas  mãos do diretor João Falcão, Ensina-me a Viver surge quase como um teatro mágico. Os truques arrebatam a platéia. Glória nos comove em filigranas de interpretação.
Stella Miranda – O Globo – 9/8/08

A encenação de João Falcão é feliz, pra cima, ágil. Além da interpretação dos atores, os cenários, figurinos e trilha sonora são pontos altos do espetáculo. Montagem de qualidade que equilibra elegância, humor e emoção
André Gomes – Jornal O Dia – 11/8/08

“Um apaixonado tributo à vida numa  produção simplesmente imperdível! 
A  ótima química entre Glória e Arlindo gera risos e lágrimas na platéia. ...Se já achávamos  João Falcão um diretor brilhante, agora acreditamos estar diante de um poeta da cena, também capaz de extrair irretocáveis atuações do elenco. Glória e Arlindo formam uma dupla deslumbrante. Ilana Kaplan   está irretocável e Augusto Madeira e Fernanda de Freitas dão um show de versatilidade em seus vários papéis.   ... a trilha sonora é, sem dúvida, a mais criativa da atual temporada. ....” - Lionel Fischer – Jornal Tribuna da Imprensa – 7/8/08

“Eficácia sem qualquer arranhão! O texto corteja a platéia com uma “Louvação à vida. Pelo sucesso da temporada paulista e pela reação da platéia na estréia no Rio a comunicabilidade do texto não sofreu alteração pelo tempo ” - Macksen Luiz – Jornal do Brasil – 8/8/08

“A direção de João Falcão foge das caricaturas e moderniza a trama com trilha sonora descolada e apelo visual cinematográfico. Os protagonistas Glória Menezes e Arlindo Lopes tem química de sobra para fazer rir e, principalmente, emocionar” - Revista Veja S. Paulo- Crítica

“Ensina-me a Viver é indispensável! A difícil tarefa de unir boas gargalhadas e suspiros emocionados foi cumprida com maestria pelo diretor e atores. A mistura entre humor e delicadeza poética resultaram em um espetáculo indispensável não só aos mais sensíveis mas a todos que conservam o sentimentalismo comum ao ser humano”
Diário do Grande ABC - Crítica

“Gloria Menezes impressiona pela delicadeza que dá a Maude transformando-a numa personagem pela qual é impossível não se apaixonar” - Isto É  Gente - Critica

“Quão delicada é a história e tão engraçada ao mesmo tempo. Como as situações alternam entre o riso e o suspiro, numa sucessão de humores e recados” - André Laurentino – O Estado de S. Paulo – Artigo.

Prêmios e indicações
Indicado pelo Jornal O Globo e Revistas Veja Rio e Veja S. Paulo como um dos melhores espetáculos da temporada.

Em 2008 Ensina-me a Viver recebeu os seguintes prêmios:
Prêmio Qualidade Brasil: Melhor Espetáculo Drama / Melhor Diretor Drama: João Falcão / Melhor Atriz Drama: Glória Menezes / Melhor Ator Drama: Arlindo Lopes.
Prêmio Contigo: Melhor Atriz: Glória Menezes
Prêmio APTR (Associação dos produtores de Teatro do Rio de Janeiro)
Em 2009 é recordista em indicações o Prêmio APTR /08. Indicado em sete categorias: Melhor Espetáculo / Melhor Produção: Primeira Página / Melhor Diretor: João Falcão / Melhor Atriz: Glória Menezes / Melhor Atriz Coadjuvante: Fernanda de Freitas / Melhor Iluminação: Renato Machado / Melhor Figurino: Kika Lopes / A premiação foi realizada no dia 06 de julho de 2009, no Rio de Janeiro. VENCEDOR DO PRÊMIO NA CATEGORIA MELHOR PRODUÇÃO

Ficha Técnica:
Texto: Colin Higgins / Tradução: Millôr Fernandes / Direção e Adaptação: João Falcão /
Elenco: Glória Menezes – Maude / Arlindo Lopes – Harold / Ilana Kaplan – Helena Chasen / Antonio Fragoso – Tio Vitor, Dr. Matias, Padre Finney,  Inspetor Marcos e Caçapa / Elisa Pinheiro – Silvia Gazela, Nancy e Dora Alegria / * Rafael Maia é stan-in do ator Antonio Fragoso
Elenco de Apoio: Verônica Valentim, Guilherme Siman, Walisson de Souza e Jamil Pedro
Cenografia: Sérgio Marimba / Figurino: Kika Lopes / Iluminação: Renato Machado / Trilha Sonora: Rodrigo Penna
Projeto Gráfico: Dulce Lobo / Assistente Direção e Direção de movimentos: Duda Maia / Primeira Página Produções / Gerente de projetos: Paula Salles / Produção Executiva e Administração do Espetáculo: Luciano Marcelo / Direção de Produção: Maria Siman / Idealizador do projeto: Arlindo Lopes / Realização: Primeira Página Produções Culturais / Produtores Associados: Glória Menezes, Arlindo Lopes e Maria Siman / Produção Local Belo Horizonte: Rubim Projetos e Produções / Realização Local: Projeto Teatro em Movimento.
PARA SABER MAIS SOBRE O ESPETÁCULO E SUA CARREIRA ACESSE O SITE: www.primeirapaginaproducoes.com.br


Serviço:
“Ensina-me a Viver”, com Glória Menezes, Arlindo Lopes e elenco
Data/Hora: 11 e 12 de agosto, sábado, às 18h e às 21h e domingo, às 19h
Ingressos: Setor I e II – R$ 70,00 (inteira) e R$ 35,00 (meia entrada)
                    Setor III – R$ 60,00 (inteira) e R$ 30,00 (meia entrada)
                    Balcão – R$ 50,00 (inteira) e R$ 25,00 (meia entrada)
Local: Grande Teatro do Palácio das Artes – Avenida Afonso Pensa, 1537, Centro
Informações: (31) 3236.7400
Classificação: 12 anos
Duração: 110 minutos
Venda online: WWW.ingresso.com / 4003.2330

Informações para a imprensa BH: AB Comunicação
Jozane Faleiro - (31) 3261.1501 / 9204.6367 – jozane@ab.inf.br

Nenhum comentário: