quarta-feira, 19 de setembro de 2012

Robert Plant em BH



Malab Produções e Cria! Cultura trazem a Belo Horizonte:

Robert Plant

A voz do lendário Led Zeppelin retorna ao Brasil em outubro com a banda
"The Sensational Space Shifters". Capital mineira recebe o show no dia 20, em única apresentação no Expominas

Considerado pela comunidade musical um dos mais inspiradores artistas dos últimos dois séculos, Robert Plant segue emocionando plateias de todo o mundo, apresentando músicas que surgiram nos tempos do Led Zeppelin até as que foram inspiradas pelas aventuras mais recentes, no coração dos Estados Unidos. Com seus companheiros atuais da banda The Sensational Space Shifters, Plant aterrissa no Brasil em outubro para uma performance que mergulha fundo nas raízes do blues, recriando o gênero que inspirou a música de todo o mundo durante décadas. Belo Horizonte é a segunda cidade a receber o show, marcado para o dia 20 de outubro, sábado, no Expominas.

Os ingressos estão disponíveis para compra nos pontos de venda: Shopping 5 Avenida (loja 27 C); Leitura do BH Shopping e da Savassi; FNAC BH Shopping; e em Sete Lagoas, na Mistertour (Rua Benedito Valadares, 36 – Loja 3). As vendas on line são pelo site: www.ingressorapido.com.br . PARA OS INGRESSOS DE MEIA ENTRADA SERÁ COBRADA A CARTEIRINHA DE ESTUDANTE E COMPROVANTES NO ATO DA COMPRA E NA ENTRADA DO EVENTO.

A banda “The Sensational Space Shifters” é composta por Robert Plant – vocals e harmonica; Juldeh Camara- ritti (violino aficano de uma corda), kologo (Banjo Africano), percussão e vocais; Justin Adams - guitarra, bendir e vocais; John Baggott – teclados; Liam "Skin" Tyson – guitarra e vocais.; Dave Smith - bateria e percussão; e Billy Fuller - Guitarra e vocais.

Sobre Robert Plant
Cantor, compositor e multi instrumentista, Sir Robert Anthony Plant nasceu em West Bromwich, Staffordshire, Inglaterra, em agosto de 1948. Famoso em todo o mundo por seu trabalho com o mítico Led Zeppelin, considerada uma das maiores bandas de rock de todos os tempos, Plant é reconhecido como a principal influência de artistas do quilate de Freddie Mercury e Kurt Cobain.

Robert Plant começou a cantar profissionalmente em pubs e clubes com apenas 16 anos de idade, participando de diversas bandas. Fez sua estreia em disco gravando dois compactos (solo) para a CBS em 1966 (“Our Song” / “Laughlin Crying Laughlin”) e 1967 (“Long Time Coming” / “I´ve Got the Secret”).
Fez suas primeiras gravações comerciais em 1966. Em 1967, ele também formou um grupo chamado "Band of Joy", com o baterista John Bonham. Logo, Bonham, Plant, o guitarrista Jimmy Page e o baixista John Paul Jones se juntaram para formar o The Yardbirds, que em seguida se tornaria o cultuado Led Zeppelin.
A era do Led Zeppelin terminou em 1980. Desde então, Plant colocou seu amplo fascínio musical para a produção de álbuns solo, com Jimmy Page e em gravações com bandas como The Honeydrippers, Priory of Brion e Strange Sensation, tornando-se um dos mais celebrados cantores de rock da história.
Nos anos seguintes ao Led, Plant lançou 15 discos e realizou várias turnês, algumas vezes acompanhado do ex-colega de banda Jimmy Page, com o projeto intitulado “Page& Plant”, onde voltaram a tocar vários clássicos do Led Zeppelin como “What Is and What Should Never Be” e “Ramble On”, além de canções que nunca haviam sido tocadas ao vivo antes, como “Hey Hey What Can I Do”. Também gravaram clipes inéditos para as músicas “Nobody´s Fault But Mine” e “Black Dog”. A união dos dois rendeu um vídeo de sucesso mundial, gravado em 1994.

Suas performances refletem seu compromisso com o West Coast Psychedelic Rock, o Blues e as músicas africana e folclórica. Plant continuou a expandir seus horizontes com "Raising Sand" de 2007, uma colaboração com Alison Krauss. Produzido por T-Bone Burnett, o álbum, com um mistura improvável, mas magnífica, ganhou inúmeras críticas aclamadoras e seis prêmios Grammy, incluindo "Álbum do Ano" e "Gravação do Ano", por “Please Read the Letter", uma canção composta por Plant e Page.
Em dezembro de 2008, Plant recebeu o título honorífico de Comandante do Império Britânico pela Rainha Elizabeth II. Ao ser escolhido como "o melhor vocalista de todos os tempos" pela Hit Parader, deixou para trás nomes como Bon Scott (AC/DC), Freddie Mercury (Queen), Rob Halford (Judas Priest), Steven Tyler (Aerosmith),  Sebastian Bach (Skid Row), Ozzy Osbourne (Black Sabbath), Bruce Dickinson (Iron Maiden), Axl Rose (Guns N' Roses), Paul Stanley e Gene Simmons (Kiss) e Ian Gillan (Deep Purple). Na lista estavam presentes também Jimi Hendrix, Mick Jagger e David Bowie. Foi apontado ainda mais duas vezes como o melhor vocalista de rock do mundo. Uma em votação popular em 2009 pela rádio digital Planet Rock, que contou com a opinião também de críticos musicais e personalidades do mundo do rock, e outra em 2011, feita pela revista Rolling Stone.
Em 2010 ele lançou um álbum com a "Band of Joy", co-produzido por seu colega de banda Buddy Miller e com os colegas músicos Darrell Scott, Byron House, Marco Giovino, que também recebeu dois prêmios Grammy.

The Sensational Space Shifters é o seu mais recente projeto, uma banda solta, segundo Plant, "inspirada pelas raízes da música do Mississippi, Appalachia e Gâmbia, ou das inglesas Bristol e Wolverhampton, com influências coletadas em uma vida inteira de meandros e caminhadas. Robert Plant e sua banda trarão para o Brasil uma incrível viagem através de uma vida musical única, que incluirá alguns dos maiores sucessos do Led Zeppelin.
Discografia
·         Com o Led Zeppelin: 1969 - Led Zeppelin; 1969 - Led Zeppelin II; 1970 - Led Zeppelin III; 1971 - Led Zeppelin IV; 1973 - Houses of the Holy; 1975 - Physical Graffiti; 1976 – Presence; 1976 - The Song Remains the Same; 1979 - In Through the Out Door; 1982 – Coda.
·         Outros Projetos e carreira solo: 1982 -  Pictures at Eleven; 1983 - The Principle of Moments;   1984 -  The Honeydrippers: Volume One, com Jimmy Page; 1985 -   Shaken 'n' Stirred; 1988 -  Now and Zen; 1990 - Manic Nirvana; 1993 - Fate of Nations ; 1993 - Wayne's World 2, apenas uma faixa; 1994 - No Quarter, com Jimmy Page; 1998 - Walking into Clarksdale, com Jimmy Page; 2002 – Dreamland; 2003 - 66 to Timbuktu, Antologia; 2005 - Mighty Rearrenger; 2007 - Raising Sand com Alison Krauss; 2010 - Band of Joy

SERVIÇO:
Robert Plant e banda "The Sensational Space Shifters", em Belo Horizonte
Dia 20 de outubro, sábado, às 22h, no Expominas – Avenida Amazonas, 4.000, Bairro Gameleira
Ingressos Bud Zone – R$ 220,00 meia/ R$ 440,00 inteira
Ingressos Pista: 1o lote: R$ 90,00 meia/ R$ 180,00 inteira – ESGOTADO 2o lote: R$ 110,00 meia/ R$ 220,00 inteira -  ESGOTADO 3o lote: R$ 130,00 meia/ R$ 260,00 inteira – ESGOTADO 4o lote: R$ 150,00 meia/ R$ 300,00 inteira
Pontos de venda: Shopping 5 Avenida (loja 27 C); Leitura do BH Shopping e da Savassi; FNAC BH Shopping; e em Sete Lagoas, na Mistertour (Rua Benedito Valadares, 36 – Loja 3). Vendas on line pelo site: www.ingressorapido.com.br .
PARA OS INGRESSOS DE MEIA ENTRADA SERÁ COBRADA A CARTEIRINHA DE ESTUDANTE E COMPROVANTES NO ATO DA COMPRA E NA ENTRADA DO EVENTO.
Informações: (31) 25328201
Realização: Malab Produções e Cria! Cultura

Assessoria de imprensa BH: Jozane Faleiro – contato@jozanefaleiro.com – (31) 8828.0906 / 92046367

Robert Plant em outras cidades
As outras apresentações ocorrem: no dia 18 de outubro, no Rio de Janeiro (HSBC ARENA, dentro do projeto Live Music Rocks), São Paulo, no dia 22 de outubro (Espaço das Américas), Brasília, no dia 25 de outubro (Ginásio Nilson Nelson), Curitiba, no dia 27 de outubro (Teatro Guaíra) e Porto Alegre, no dia 29 de outubro (Gigantinho), com realização da XYZ LIVE (www.xyzlive.com.br). 

Nenhum comentário: