segunda-feira, 20 de maio de 2013

Instituto Cultural Flávio Gutierrez lança o livro “Museu do Oratório”



Obra apresenta imagens dos mais de 160 oratórios que compõem a coleção sacra do Museu do Oratório, localizado na cidade histórica mineira de Ouro Preto

O Instituto Cultural Flávio Gutierrez, com o patrocínio cultural da Fundação Cultural BNP Paribas, lança a segunda edição do livro “Museu do Oratório”. Em 180 páginas, a obra apresenta 162 oratórios e mais de 300 imagens, datados entre os séculos XVII ao XIX, integrantes da coleção permanente do Museu do Oratório, idealizado e coordenado pela colecionadora e empresária Angela Gutierrez. O oratório é um objeto devocional, em forma de nicho, em que se entronizam imagens sacras e perante o qual se faz a oração. Objeto de arte, exprime esteticamente o sentimento religioso e revela um universo de características culturais. “O objetivo é trazer uma abordagem histórica, enfatizando a importância da coleção no universo da arte sacra brasileira”, destaca Angela. O lançamento ocorre no dia 23 de maio, às 19h30, no Museu de Artes e Ofícios - Praça da Estação, em Belo Horizonte.

A primeira versão foi editada há 15 anos. Completamente revista e ampliada, colorida e produzida em papel couchê fosco, o livro tem coordenação editorial de José Eduardo Gonçalves e Silvia Rubião, da Conceito Editorial. Eugênio Sávio, Rui César e Gabriel Castro são os fotógrafos. As imagens vêm em tamanhos ampliados e, por vezes originais, todas legendadas com o histórico de suas origens.  “Um livro que difunde um acervo de arte sacra e popular com peças de oratórios nos ajuda a reconstruir o passado e explicar como o costume de se ter altares particulares floresceu no Brasil, espalhando-se nas fazendas e residências. Através da observação deste acervo é possível fazer uma viagem antropológica pela história do Brasil. É com muita convicção e orgulho que apoiamos esta iniciativa”, avalia Louis Bazire, presidente da Fundação BNP Paribas.

Acompanha a obra, um DVD contendo uma visita virtual ao Museu do Oratório. O livro traz, ainda, a classificação dos oratórios: Oratório de alcova, Oratório de algibeira, Oratório-bala, Oratório de viagem, Oratório pingente, Oratório de convento, Oratório de esmoler, Oratório de esmoler dos mercedários, Oratório de salão, Oratório-ermida, Oratório-ermida de esmoler, Oratório afro-brasileiro, Oratório rústico de salão, Oratório-lapinha, Oratório-bala erudito e Oratório de conchas.


Museu do Oratório
Inaugurado em Ouro Preto, em outubro de 1998, o Museu do Oratório apresenta uma magnífica coleção. As peças do acervo foram doadas ao IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional) pela colecionadora Angela Gutierrez e são genuinamente brasileiras. Caracterizando-se pela diversidade de tipos, de tamanhos e de materiais, o acervo oferece detalhes valiosos da arquitetura, pintura, vestuário e costumes da época em que foram produzidos.

Desde sua inauguração, há 15 anos, recebeu a visita de mais de 1,5 milhão de pessoas. O Museu do Oratório está instalado em um casarão histórico de três andares onde, durante algum tempo, morou Aleijadinho (1738-1814) – o mais importante escultor barroco do Brasil em todos os tempos. Situado no adro da Igreja do Carmo, o prédio setecentista foi especialmente recuperado e equipado com modernos recursos tecnológicos para receber a coleção. 





Fundação Cultural BNP Paribas Brasil
Criada em 2003, a Fundação Cultural BNP Paribas Brasil atua em diversas frentes, com apoio financeiro e operacional a projetos culturais. Graças ao seu conhecimento e sensibilidade da realidade brasileira, a Fundação busca transmitir otimismo, ajudar pessoas e organizações a alcançarem resultados concretos de seus projetos.
A Fundação Cultural BNP Paribas Brasil tem por objetivos resgatar a memória nacional e contribuir com a arte e literatura, através de projetos culturais, concertos, recitais e livros. Mais do que acompanhar os passos de um mundo em mudança, o Banco BNP Paribas é um verdadeiro agente dessa transformação como uma instituição responsável.

Serviço:
Lançamento do livro “Museu do Oratório”
Dia 23 de maio de 2013, quinta-feira, às 19h30
Local: Museu de Artes e Ofícios – Praça da Estação, Centro, Belo Horizonte
Informações: (31) 3248.8600

Informações para a imprensa:
Jozane Faleiro – contato@jozanefaleiro.com

Nenhum comentário: