domingo, 7 de setembro de 2014

Rede patrocina com exclusividade o musical ‘Milton Nascimento - Nada Será Como Antes’ em quatro cidades mineiras





Belo Horizonte, Ouro Preto, Uberlândia e Juiz de Fora receberão o espetáculo nos meses de setembro e outubro.

A Rede, empresa do conglomerado Itaú Unibanco e uma das líderes no mercado nacional de meios de pagamento eletrônico, patrocina com exclusividade nos meses de setembro e outubro apresentações inéditas do musical “Milton Nascimento – Nada Será Como Antes” em cidades mineiras. A iniciativa, que conta também com o apoio da bandeira Hiper, faz parte de um circuito bem sucedido já realizado com o musical “Gonzagão – A Lenda” entre dezembro de 2013 e maio de 2014. Na ocasião quatro cidades nordestinas tiveram a oportunidade de conferir o espetáculo de forma gratuita, com 6 apresentações em locais públicos e mais de 23 mil expectadores.
Os resultados desse projeto inédito podem ser conferidos nos links abaixo:




“Milton Nascimento – Nada Será Como Antes”
Depois de temporadas de enorme sucesso no Rio de Janeiro, São Paulo e Curitiba, o premiado espetáculo “Milton Nascimento – Nada será como Antes” dos renomados diretores Charles Möeller e Claudio Botelho, chega a Minas Gerais, Estado onde o cantor e compositor passou sua infância e adolescência sendo fundamental para sua produção musical.
O espetáculo presta uma homenagem aos 50 anos de carreira e 70 anos de vida de um dos maiores cantores e compositores brasileiros, reunindo vasta lista de clássicos que Milton Nascimento produziu ao longo deste tempo.

As apresentações em Uberlândia (13 de setembro) e Ouro Preto (27 de setembro) serão gratuitas e realizadas em locais públicos. As apresentações em Belo Horizonte (20 e 21 de setembro) e Juiz de Fora (10, 11 e 12 de outubro) serão pagas e realizadas em teatro, com benefício exclusivo para quem possuir o cartão Itaucard Hiper: 50% de desconto no valor dos ingressos, para até 4 ingressos por cartão. Para ter direito ao desconto, a compra deve ser feita exclusivamente nas bilheterias dos teatros.



“Continuamos a apoiar projetos de alcance nacional, possibilitando a criação de uma rede de acesso a cultura e reforçando um conceito de proximidade com as pessoas das cidades por onde os espetáculos passarem”, diz Cristiane Magalhães, diretora de Marketing do Itaú Unibanco.


Serviço

Cidade: Uberlândia
Data: Sábado, 13 de setembro
Local: Arena do Teatro Municipal de Uberlândia
Horário: 20h
Entrada gratuita



Cidade: Belo Horizonte
Data: Sábado, 20 de setembro e Domingo, 21 de setembro
Local: Palácio das Artes
Horário: Sábado às 21h e Domingo às 19h
Preços:
Platéia I - R$ 90,00
Platéia II - R$ 70,00
Platéia II (balcão) - R$ 50,00
Clientes do cartão Hiper tem 50% de desconto em até 4 ingressos por cartão. Desconto válido somente para vendas na bilheteria do teatro.

Cidade: Ouro Preto
Data: Sábado, 27 de setembro
Local: Praça Tiradentes
Horário: 20h
Entrada gratuita

Cidade: Juiz de Fora
Data: Sexta-feira, 10 de outubro, Sábado, 11 de Outubro e Domingo, 12 de outubro
Local: Cine Theatro Central
Horário: Sexta-feira/Sábado e Domingo às 20h
Preços:
Platéia A - R$ 70
Platéia B - R$ 60
Balcão Nobre - R$ 50
Galeria - R$ 40
Camarote (06 pessoas) - R$ 420
Clientes do cartão Hiper tem 50% de desconto em até 4 ingressos por cartão. Desconto válido somente para vendas na bilheteria do teatro.

Sobre o espetáculo
No palco, o grupo de atores e músicos dá voz a temas fundamentais da música do homenageado, como amor, amizade, criação artística, negritude, brasilidade e solidão. “Não há uma divisão entre orquestra e atores: todos são uma única voz a serviço da brilhante obra musical de Milton Nascimento”, explica Botelho.

O cenário, de Rogério Falcão, remete a uma tradicional casa mineira e os figurinos, assinados por Charles Möeller, tem um ar de ‘roupa vivida’, como se tivessem saído de um antigo baú.

A simplicidade dá o tom: “Milton fala de temas fundamentais com um despojamento sem igual. Sem levantar bandeiras, ele fala de negritude, mas também do branco, do latino. É universal ao falar de Minas Gerais e do seu universo particular de amigos e artistas. A ideia central do musical é colocar os atores como se fosse um grupo, uma espécie de 'clube da esquina' que ficou esquecido no interior”, resume Möeller.

O roteiro do musical se divide em quatro atos correspondentes às estações do ano. Enquanto composições que remetem a um solar imaginário interiorano ('Bola de Meia, Bola de Gude', 'Aqui é o País do Futebol') compõem o 'Verão`, 'A Cigarra', 'Um Girassol da Cor do seu Cabelo' e 'Nuvem Cigana' dão colorido à Primavera. Clássicos que atravessaram gerações ('Cais', 'Caçador de Mim', 'Encontros e Despedidas' e 'Faca Amolada') moldam o Outono e continuam pelo Inverno, com 'Nada Será como Antes' e 'O que foi Feito Devera'.




Sobre a Rede
Empresa do conglomerado Itaú Unibanco, a Rede é responsável pela captura de transações de crédito e débito das maiores bandeiras nacionais e internacionais. Oferece para seus clientes uma gama de produtos e serviços para aumentar o desempenho de seus negócios, como solução de meios de pagamento online, antecipação de recebíveis, disponibilização de terminais, entre outros.


Ficha Artística

MILTON NASCIMENTO – NADA SERÁ COMO ANTES – O MUSICAL

CHARLES MÖELLER & CLAUDIO BOTELHO - Criação e direção

ELENCO: Marya Bravo, Délia Fischer, Cassia Raquel, Estrela Blanco, Jules Vandystadt, Lui Coimbra, Pedro Aune, Pedro Sol, Sergio Dalcin, Tatih Kohler, Wladimir Pinheiro entre outros.

DÉLIA FISCHER - Arranjos musicais

JULES VANDYSTADT - Arranjos vocais

ROGÉRIO FALCÃO - Cenografia

CHARLES MÖELLER - Figurinos

PAULO CESAR MEDEIROS - Iluminação

MARCELO CLARET - Design de som

TINA SALLES - Coordenação artística

CLAUDIO BOTELHO - Direção musical

CHARLES MÖELLER - Direção

Realização: Möeller & Botelho/Alacre



Informações para a imprensa BH e Ouro Preto: Jozane Faleiro (31) 32611501 / 92046367 – jozane@ab.inf.br



Nenhum comentário: