quarta-feira, 18 de março de 2015

Marcelo Ricco em dupla jornada na 41ª Campanha de Popularização do Teatro e da Dança, apresenta seus dois monólogos cômicos, em oito teatros, somando 51 sessões




O ator Marcelo Ricco se prepara para a maratona de apresentações de seus dois espetáculos na 41ª Campanha de Popularização do Teatro e da Dança, começando no dia 09 de janeiro, seguindo até 8 de março. “Por acaso, não caso” que estreou em abril de 2014, terá sua estreia na Campanha, com 24 apresentações, nos teatros Santo Agostinho (de 09/01 a 01/02) e Teatro Alterosa (de 02/02 a 04/03). A veterana montagem “Os homens querem casar e as mulheres querem sexo”, que estreou em maio de 2010 e já soma mais de 110 mil expectadores, e está em sua 5ª Campanha, terá 27 apresentações, espalhadas pelos teatros Santo Agostinho (de 09/01 a 31/01), Cine Theatro Brasil Vallourec, única apresentação no grande teatro (15/01), grande teatro do Palácio das Artes, em duas apresentações (04 e 05/02), grande teatro do Sesc Palladium, em única apresentação (06/02), Teatro Marília (de 19/02 a 08/03) e Teatro do Metropolitan Shopping Betim (de 13 a 15/02 – Carnaval)). Para Marcelo Ricco o maior desafio dessa temporada de dois meses, é manter o mesmo vigor físico em cada apresentação. “O ator não pode apresentar baixo rendimento no palco durante a jornada. Cuidados especiais com a voz, atividade física e muita concentração fará parte da minha rotina”, adianta.
“Por acaso, não caso”



“Por acaso, não caso” tem texto de Wesley Marchiori e direção de Mauricio Canguçu. No monólogo, Marcelo Ricco interpreta Marcos, um cerimonialista de casamentos que foge de compromissos amorosos até encontrar a sua alma gêmea: Iolanda. Uma mulher independente e desapegada e que o faz contradizer suas próprias opiniões e leva o personagem a um final surpreendente! 

No texto, Marcos é avesso a casamentos, apesar de lidar diariamente com o assunto no trabalho. No palco, o público vai se divertir com as justificativas do cerimonialista para a sua repulsa por casamentos, como neste comentário: “Todos os meus irmãos são casados. Eu pago o plano de saúde da mamãe e eles, os pecados da família. Todos os meus amigos da minha idade são casados. Amizade não se ganha, se conquista e o masoquismo, pelo visto, também. Todos os meus vizinhos são casados. Dividimos o mesmo CEP, não a mesma cruz. Todos os meus clientes querem casar, eu trabalho como organizador de eventos matrimoniais. Contradição? Não! Pra quem me julga eu digo, o padre também nunca casou...”. Com casos engraçados de ex-namoradas ávidas por um matrimônio e de clientes que procuram seus serviços, o cerimonialista desenvolve o enredo da peça trazendo situações conjugais que julga serem comuns na vida de casais. “Ela acha que vai deixar de ganhar presente no dia 12 para ganhar o ano inteiro. Você tá namorando e quando chega o dia da indireta ou direta, pronto, acaba ali toda a diversão, o prazer e o romantismo”, diz Marcos. E completa, “a única mulher que balança a gente para algo bom nesta vida, chama-se mãe, e ela só faz isto quando a gente é bebê e para nos acalmar. Eu já sou bem grandinho e a única coisa que me deixa calmo é a certeza que eu não tive, não tenho e nunca terei uma esposa para me tirar do sério. Se casamento fosse bom, não seria celebrado por uma pessoa que nunca vai passar por isto”.

Ficha técnica: Produção: Sala 7 Produções | Texto: Wesley Marchiori | Direção: Mauricio Canguçu | Assistente de Direção: Flávia Fernandes | Elenco: Marcelo Ricco | Cenário: Marcelo Ricco | Iluminação: Luiz Henrique Moura | Figurino: Cynthia Paulino | Execução de Figurino: Márcia Corrêa | Locução: Ilvio Amaral | Animações: Piá Produções (Cataguases/MG) e Daniel Bessa (BH)| Fotografia: Grafê Ateliê da Imagem (Alyson Jardim)| Imagens: Personnalité Produções | Gravação, mixagem e masterização: Stúdio HP | Programação Visual: Insight Comunicação e Cultura (Marcio Miranda e Samuel Araújo)| Assessoria de Imprensa: Luz Comunicação (Jozane Faleiro) | Produção Executiva: Carol Fonseca. 



“Os homens querem casar e as mulheres querem sexo”

Em “Os homens querem casar e as mulheres querem sexo” Marcelo Ricco interpreta Jonas, um rapaz que sonha em se casar e faz de tudo para encontrar uma mulher para dividir a intimidade de um casal. Na peça, as desventuras do aspirante a marido poderão além de provocar muitos risos, dar uma forcinha para o encontro da cara metade. É que a interação do ator com o público, e da plateia entre si, é um dos destaques desse espetáculo.

Na peça, o público se diverte com a busca incessante do rapaz pela amada. Frequentador assíduo de casamentos, de conhecidos e desconhecidos, Jonas briga por todos os buquês.  Depois de diversas tentativas frustradas, ele encontra seu lado feminino e desabafa com frases do tipo: “Estou cansado dessas mulheres que só querem me usar”; “Quero alguém para dormir de conchinha”; “Eu rezo toda noite pedindo a Deus uma pessoa bacana, íntegra, companheira, que não seja mentirosa e que não suma no final de semana”. O texto é do autor carioca Carlos Simões e Marcelo Ricco é dirigido por Carlos Nunes.

Ficha Técnica: Produção: Sala 7 Produções | Texto: Carlos Simões (RJ) | Elenco: Marcelo Ricco | Direção: Carlos Nunes | Assistente de direção: Christiano Junqueira | Voz in off: Heloísa Duarte | Cenário: Heleno Polisseni e Yuri Simon | Iluminação: Yuri Simon | Figurinos: Marcelo Ricco | Fotografia: Ludmila Loureiro | Projeto gráfico: Marcio Miranda | Assessoria de imprensa: Luz Comunicação (Jozane Faleiro) | Produção Executiva: Carol Fonseca

Marcelo Ricco
Estreou no teatro aos 25 anos, no curso livre de teatro do Centro Cultural Mauricio Murguel e desde então nunca mais parou. Com “Os homens querem casar e as mulheres querem sexo” recebeu o 8º Prêmio USIMINAS/SINPARC, Prêmio de Maior Público do Teatro Adulto 2010/2011. Atuou em “As Monas Lisas” de 2007 à 2010, de Wilson Coca, com direção de Fernando Veríssimo. Espetáculo que lhe rendeu o Prêmio de Melhor Ator Comediante / Humorista (Sesc/Sated – 2007), com o personagem Harold. Outros trabalhos: “Nas Ondas do Rádio” (musical - 2002), texto e direção de Pádua Teixeira. Ator em “João e Maria” e “Bela Adormecida” (2003), adaptação de Kênia Oliveira, direção de Pádua Teixeira. “Os Sete Gatinhos” (2005), de Nelson Rodrigues, direção de Pádua Teixeira, como Ator e Cenotécnico. “Ah, sempre te vi, mas nunca te amei” (2009), de Marcelo Caridade, direção de Helder Henrique, como Cenotécnico. “Querido vou posar nua” (2009), de Bruno Mota e Daniel Alves, direção de Cláudia Bento, como Assistente de Direção.  Ator em “Uma aventura saborosa” (2009) texto e direção de Wesley Marchiori.


Serviço: “Por acaso, não caso”
Classificação: 14 anos/ Duração: 60 minutos

Teatro Santo Agostinho
Data/Horário: De 09/01 a 01/02 – sexta a domingo, às 19h
Endereço: Rua Aimorés, 2679 – Bairro Santo Agostinho
Informações: (31) 2125.6810

Teatro Alterosa
Data/Horário: 02/02 a 04/03 – segunda a quarta, às 21h (Exceto 16 a 18/02- Carnaval)
Endereço: Avenida Assis Chateaubriand, 499 – Floresta
Informações: (31) 3237.6611

Serviço - “Os homens querem casar e as mulheres querem sexo”
Classificação: 14 anos / Duração: 70 minutos

Teatro Santo Agostinho
Data/horário: 09/01 a 31/01 - sextas e sábados, às 21h
Endereço: Rua Aimorés, 2679 – Bairro Santo Agostinho
Informações: (31) 2125.6810

Cine Theatro Brasil Vallourec (Grande Teatro)
Data/Horário: única apresentação 15/01 – Quinta-feira, às 21h
Endereço: Avenida Amazonas, 315 - Centro (Praça Sete)
Informações: (31) 3201.5211

Palácio das Artes (Grande Teatro) 
Data/ Horário: 04 e 05/02 – Quarta e Quinta, às 21h
Endereço: Avenida Afonso Pena, 1.537 - Centro
Informações: (31) 3236.7400

Sesc Palladium (Grande Teatro)
Data/Horário: Única apresentação 06/02 – sexta, às 21h
Endereço: Rua Rio de Janeiro, 1046 – Centro
Informações: (31) 3214.5350

Shopping Metropolitan - Betim
Data/Horário: 13 a 15/02 – Sexta e Sábado, às 20h e Domingo, às 19h
Endereço: BR-381, Rodovia Fernão Dias, KM 492 – Betim
Informações: (31) 3117.1063

Teatro Marilia
Data/Horário: 19/02 a 08/03 – Quinta a Sábado, às 21h e Domingo, às 19h
Endereço: Avenida Alfredo Balena, 586 - Centro
Informações: (31) 3277.6319

Ingressos para os dois espetáculos durante toda a Campanha:
R$ 15,00 (Antecipados nos postos Sinparc)
Bilheterias dos teatros, R$ 40,00 (Inteira) e R$ 20,00 (Meia)


Informações para a imprensa: Luz Comunicação



Nenhum comentário: